segunda-feira, 20 de março de 2017

Porque é que o anormal do Salvador Sobral nos incomoda?!

Salvador Sobral é diferente. Ele mostra a alma, mas essa figura incomoda os nossos olhos. Não é a cantora alta e magra a que estamos habituados. Não é o rapaz com as calças a cair, deixando os boxers espreitar o mundo. Não é modelo, nem segue a moda actual. Ele é ele, e não pretende ser algo que não é. E por isso mesmo, é diferente.

Quando vi pela primeira vez o vídeo da canção portuguesa vencedora para a Eurovisão a minha primeira reacção foi estranheza. Depressa corri os comentários dos portugueses. Foi com uma dor, disfarçada de tristeza, que constatei a forma cruel e medíocre como trataram este jovem. O crime: ser diferente num mundo de normais. Sentença: Culpado! Culpado por ter nascido nesta sociedade em que não há espaço para a liberdade pessoal. Que culpa tem o mundo de que ele não goste de cantar sem sentimento, de que ele não saiba acompanhar dançarinos? Culpado por ser só um cantor que transborda emoção e que sente cada palavra que deixa pousar na melodia...



Depois os meus olhos abriram-se. Sabem o que eu estava a ver? Era ele! Como podia ter sido ele! A personagem principal do "Todos Iguais, Poucos Diferentes" entrou-me pelo coração adentro, personificado. Como teria ido o meu louco cantar ao festival da Eurovisão? Teria ido cantar com o seu estranho casaco preferido. Teria tido comportamentos anormais. Teria cantado para ele, não para o mundo. Aquela personagem que criei com tanto carinho, com sofrimento também, estava ali à minha frente, no ecrã do computador. Emocionei-me. Foi como se a minha criação me tivesse vindo dizer um olá. Embora o Salvador Sobral nem sonhe com tais pensamentos de uma escritora com tão escassa lucidez.

Qual de nós teria tido coragem em aparecer na televisão de uma forma tão sincera, tão genuína? Mas ainda assim criticamos. "...somos aspiradores da nossa própria individualidade.." diz uma página do meu livro. Não aspiremos nós agora o talento de quem sabe sentir. Não façamos nós com que o Salvador se esconda por não ser compreendido e que leve com ele todo o seu talento. Pelo menos não agora. Que saibamos abrir os olhos para o diferente. Mas com admiração. Com orgulho.

79 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bela constatação... Foi tudo isto que senti quando olhei pela 1ª vez o Salvador na televisão! Só não escrevi como esta nobre Senhora o fez, guardei para mim porque cada vez que vou passando dias na minha vida, sinto que as pessoas cada vez mais são "Máquinas" sem sentimentos só vaidade!

      Eliminar
    2. Completamente de acordo. Do melhor que ouvi até hoje, se não a melhor interpretação de que tenho memória.
      Gostei do seu texto. Excelente!!! Abraço

      Eliminar
    3. Obrigada! Salvador trouxe-nos um pouco de oxigénio neste mundo onde ser famoso porque se tem talento é cada vez mais raro..

      Eliminar
    4. Ser natural, hoje em dia, é ser diferente. Todo mundo vive de hipocrisia, o virtualismo, o faz de conta. Eu adorei 100% lo que o vi. Quase apostei que não ganharia, mas para mim seria a eleita. Também concordo com tudo que você diz. Estou nessa.

      Eliminar
    5. "Porque é que o ANORMAL do Salvador Sobral nos incomoda?"
      Na minha modesta opinião, a pergunta sugere-me apenas uma resposta: Porque é que o Salvador Sobral nos incomoda? Porque os "anormais" somos nós!
      Não é ele que cria barreiras, que rotula ou distorce com má fé o que à nossa volta se passa, mas sim nós próprios. Talvez por isso e porque este Mundo é imperfeito o Salvador foi brindado à nascença com um handicap.
      Apenas me resta dizer que como músico e performer é extraordinário e não tenham dúvidas, o Festival da Eurovisão, valha ele o que valer, já está ganho e não pode ser de mais ninguém senão dele.

      Eliminar
    6. A sua apresentação foi tão doce e pura como nunca vi, obrigada Salvador.

      Eliminar
    7. ...engraçado, eu não o vejo diferente de ninguém! Vejo-o igual a mim, com a diferença que ele é muito mais inteligente e talentoso do que eu...só isso!É genial naquilo que faz, mas isso eu já sabia há muitos anos... :-)... não gostei do texto, parece que ele é um ser alienado...alienados somos nós, não ele!!

      Eliminar
    8. Anormal? É de meu gosto, indelicado e incongruente, com o conteúdo do texto, ter usado tal termo.

      O casaco, feito pela mãe, era largo para ocultar o aparelho que o liga à vida.

      Esperemos que consiga fazer o transplante de coração até ao fim do ano para não ser apenas uma memória que nos resta.

      Eliminar
    9. gostei desde o primeiro segundo .e deixo a minha modesta mensagem .............o mundo estaria salvo com gente igual ao Salvador

      Eliminar
    10. Eu rendo-me perante o poema lindo, fechar os olhos e ouvir sem ver é lindo.
      Confesso que não gosto interpretação mas estou mesmo rendida.
      PARABÉNS, Portugal PARABÉNS a música PORTUGUESA, aos compositores.
      A ti Salvador desejo mais e mais sucessos.
      Que apareça um dador rapidamente.melhoras.
      Gg

      Eliminar
    11. JMR, "Anormal" foi usado com ironia e, por esse motivo, não é indelicado nem incongruente. Saudações.

      Eliminar
    12. Texto muito bom e com o qual concordo :) Muitos parabéns! Agora que o Salvador ganhou já é um querido para muitos mas antes criticam. Se tivesse perdido iriam fazer o mesmo. E é triste. Independente do resultado, a canção continuaria a ser boa mas o pessoal não vê isso. Vivemos numa sociedade hipocrita. Enfim... Que saibamos aprender a valorizar a diferença de uma forma positiva

      Eliminar
    13. Concordo totalmente com o texto. Se ser anormal é ser como o Salvador, então eu declaro que também sou anormal e quero sê-lo até ao fim dos meus dias!!!!!!

      Eliminar
  2. Anormal? Porra...anormal? Santa paciência!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. anormal
      adjectivo de dois géneros

      1.
      que desvia claramente de uma norma (diz-se de manifestação, comportamento, vivência etc.).
      2.
      adjectivo e substantivo de dois géneros
      que ou o que está fora da norma; diferente, irregular.

      Eliminar
  3. Adorei a melodia e a voz meiga do Salvador,o resto é resto. É o que ele quiser que seja. No entanto, apesar de ter gostado penso que não será o tipo de melodia que se adapta a um festival da canção. Mas há outros mundos para além do festival da canção. Por isso desejo ao Salvador uma carreira de sucesso e com muita autenticidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu concordo plenamente consigo!Obrigada pela sua opinião. :)

      Eliminar
    2. Eu também concordo absolutamente! Gostei IMENSO!!!!

      Eliminar
    3. Independentemente de tudo já ganhou :)

      Eliminar
    4. como é que alguém pode criticar negativamente algo tão BELO?

      Eliminar
    5. Porque a nossa sociedade Ana não vê beleza na simplicidade e em algo verdadeiramente genuíno...

      Eliminar
    6. É precisamente o que eu penso, quando ouvi critiquei, depois ouvi com mais atenção e adorei acho a canção lindíssima e cantada com alma, mas não a levava ao festival.É como levar 1 fado a um festival de rock. Mesmo assim espero que ganhe e se isso acontecer tiro o meu chapeu e felicito quem escolheu.

      Eliminar
  4. Não vejo nenhum problema em se ser "anormal" neste mundo de gente "geriátrica" em constatações e pensamentos! Ele é ele e ponto final. Que saibamos aceitar as pessoas tal como são. Gostei de TUDO nele 😀 Agora chamem-me anormal que eu (até) gosto!!!
    Força Salvador! Salva a honra de Portugal no festival da eurovisao e traz cala essas bocas maldizentes!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje em dia ser anormal é um elogio! :D

      Eliminar
    2. Bom dia. Depois de ver o Salvador pela primeira vez, fiquei encantada com ele, talvez porque também sou um bocado "anormal". Adoro tudo nele, mas acima de tudo a sua genuinidade, como diz a Diana de Carvalho ser anormal hoje em dia é um elogio. Eu considero. Não quero ser normal e igual ao resto. Sociedade hipócrita e falsa. Mas seja como for e depois do Eurofestival ganho e bem, com uma pontuação extraordinária, provou-se que afinal o "anormal" encantou e talvez... mas só talvez a sociedade repense a sua normalidade. PARABENS SALVADOR MUITO ORGULHO EM TI E EM SERES TAL COMO ES! :-)

      Eliminar
  5. A primeira vez que ouvi o salvador , estranhei ....mas depois como se costuma dizer primeiro estranha-se depois entranha-se....
    Quanto mais vezes oiço, mais gosto...
    Parabéns Salvador....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já me fartei de ouvir Sandrine. Obrigada por ter lido o meu texto. Um beijinho :)

      Eliminar
  6. Ainda bem que as pessoas começam a entender que o que importa é a qualidade. E aqui, pela simplicidade e genuinidade quer das palavras e melodia, quer do próprio estilo, temos um Salvador que representa condignamente o nosso país, ainda que sem cariz festivaleiro. E então? Obrigada à Diana pelo seu texto.

    ResponderEliminar
  7. É verdade que muitos portugueses criticaram este "anormal", mas muitos mais foram os outros que, encantados, o enviaram a Kiev.
    Isso foi o que mais me surpreendeu. Às vezes, quando já quase deixámos de acreditar no nosso país, acontece algo que nos restaura a esperança.
    Afinal ainda há espaço no nosso país para a genuinidade.Para a verdade humana. Para a honestidade das emoções. Obrigado Salvador. Obrigado Portugal.

    ResponderEliminar
  8. Tal como dizia Fernando Pessoa... primeiro estranha-se depois entranha-se. Adoro e cada vez gosto mais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é que descobri outras músicas dele que são elas também maravilhosas Deolinda? Realmente, há tantos talentos em Portugal escondidos e outros sem talento nenhum que correm todas as estações de rádio...

      Eliminar
  9. Completamente de acordo. Gostando ou não da música devemos respeitar a individualidade de cada um

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pelas palavras escritas. A actuação genuína deste jovem é um exemplo.

    ResponderEliminar
  11. Finalmente, alguém que concorda comigo! Obrigada.

    ResponderEliminar
  12. Completamente de acordo, adoro a letra e a interpretação do Salvador. Ele está a ser genuíno!

    ResponderEliminar
  13. Particularmente não gosto muito da música. O estilo pouco importa mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostaria que todas as pessoas fossem como o António, que não falassem apenas do estilo, mas que dessem a sua opinião relativamente à música também.

      Eliminar
  14. O que é ser "normal"? Será que existe alguém "normal"?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém é normal, mas todos o queremos parecer... Este tema levou-me já a escrever um livro, porque sinto-me doente na sociedade em que vivo.

      Eliminar
  15. Parabéns Diana pelo seu belo texto, estou completamente de acordo consigo. Verdadeiramente fascinante a canção e interpretação, certamente ficará na memória da europa, porque em Portugal para a maioria a canção já ficou. Mesmo que não fique classificada mostra que em Portugal se faz belas melodias e que existe um interprete fantástico que sabe transmitir o que sente. GRANDE Salvador muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  16. O intérprete, a interpretação, o talento, a letra, a musica...
    Tudo perfeito!
    O imperfeito existe na mentalidade da sociedade.
    O desajuste entre o que alguém que pode fazer e escolher para enviar para um evento desta natureza é outro assunto, e é aí que está a grande anormalidade!
    Cumprimentos
    T.M.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela sua opinião Teresa. Vamos ver o que vai acontecer :)

      Eliminar
  17. Eu não vi o festival este ano. A razão principal pela qual não o fiz, é eu não viver aí. Pela primeira vez, depois de ter saído do país - isto já lá vão quase 30 anos, acompanho com grande interesse este evento. Portugal vai ser este ano, pela primeira vez, representado a 100% a meu gosto. Não vou ter vergonha das tristes figuras, má qualidade, pirosada de artistas com fardas domingueiras. Tenho a certeza que o casaco do Salvador é qualitativamente superior aos vestidos das demoiselles à Mme Pommpadour vistas no início deste video lá atrás a dar palminhas https://www.youtube.com/watch?v=lv76VVZJ5lc . O Salvador se quizesse podia também adquirir as suas roupas nas mesmas lojas do nosso tão Dandy Sócrates, mas felizmente ele não precisa de apetrejos porque qualidade não precisa de lustro - brilha brilha por si. Mesmo que Portugal fique este ano em último lugar, não vou ficar triste ou deiludida. Se assim acontecer, é a confirmação de que este tipo de espéctaculo não é nada para mim. Cumprimentos simpáticos dos nortes da Europa - Marisabel ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marisabel! Exactamente, às vezes menos é mais. Seja qual for o resultado também não ficarei desiludida. Um beijinho de Malta!

      Eliminar
  18. Que apologia cega é esta do Salvador Sobral? "Culpado"? Culpado para o mal e para o bem, já agora! É que a liberdade de expressão funciona nos dois sentidos, sabe? Assim como há quem não aprecie o estilo e a interpretação, há aqueles que, tal como a senhora, o elogiam como sendo o maior talento de todos os tempos. Até li um artigo no qual comparavam o Salvador Sobral a Frank Sinatra. Não me lembro de assistir a tamanha "campanha" pelo Salvador e de me sentir alguma vez tão insultado enquanto espectador pelo facto de eventualmente a sua "arte" não me ser imediatamente perceptível. Como se fosse eu fosse pouco erudito. Basta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Obrigada pelo seu comentário. Todas as pessoas têm o direito de expressar a sua opinião :) O que eu quis explicar, é que não se deve criticar alguém só pelo facto de se querer ser genuíno num mundo cheio de falsidade.

      Cumprimentos,

      Diana

      Eliminar
    2. É exactamenteo o que sinto! Partilho da sua opinião. Por muita qualidade que o Salvador tenha, não me parece que esteja à altura do estatuto que lhe querem dar.
      Não que não goste dele, apenas não gosto da forma como a comunicação social leva ao colo alguns artistas até aos pincaros da fama, e abre-lhes as portas todas. Quando é assim suspeito disto tudo.

      Eliminar
  19. Só digo uma palavra que foi o que pensei no primeiro minuto que o ouvi ! "ADORO"
    E vai ser ele que vai ganhar ou ficar nos primeiros mas mesmo que não fique deu dignidade à música representante de Portugal! São estas pessoas diferentes que fazem um mundo melhor! Por favor!!!! Não o classifiquem como anormal!!! Eu não o conheço pessoalmente, só e só de o ter ouvido no festival e fiquei sinceramente fã! Obrigada Salvador pela boa música que se pode ouvir por ti!

    ResponderEliminar
  20. O Salvador é genuíno, simples... é realmente diferente. Mas ser diferente é bom!
    Salvador é muito superior a tudo o que habitualmente se vê e ouve num festival da canção!...

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. Goste ou não se goste dos tiques algo exagerados e do tom melifluo da participação no Festival da Eurovisão, ao verificarmos os seus trabalhos prévios, só podemos concluir que Salvador Sobral tem uma enorme qualidade musical. Senão vejam a interpretação do tema "After You've Gone" que foi popularizada por Louis Armstrong por um fantástico e muito inspirado (pelo menos na minha opinião) Salvador Sobral.

    ResponderEliminar
  23. Gostei imenso do seu texto e estou totalmente de acordo consigo, julgar e criticar o ser diferente nos outros só pode ser por não se conseguir o ser, são essas pessoas que criticam os que são , são por não o conseguirem ser e sentem-se ameaçados pela coragem dos que são diferentes. A diversidade em tudo é o que faz um todo, penso que é de se respeitar, encorajar todos a sermos quem somos e não os bezerros ou as ovelhas que a sociedade acha que devemos ser.

    ResponderEliminar
  24. Se percebi bem, penso que o anormal será referencia ao significado literal de ser "não normal", neste caso, como cantor nos tempos de hoje, não sendo perjuraríeis apena um facto.

    ResponderEliminar
  25. Se percebi bem, penso que o anormal será referencia ao significado literal de ser "não normal", neste caso, como cantor nos tempos de hoje, não sendo perjuraríeis apena um facto.

    ResponderEliminar
  26. Porquê anormal?. Será que todos temos um pouco de anormais? O Salvador é como é, e...ponto!.

    ResponderEliminar
  27. Porquê anormal?. Será que todos temos um pouco de anormais? O Salvador é como é, e...ponto!.

    ResponderEliminar
  28. O assunto salvador e polemico de facto porque incomoda o formato e isso já e bom . Benjanum clementine ouçam por favor e vejam o que de bom se faz no mundo O salvador vai ser solicitado por toda a europa porque é disto que se quer . simplicidade e universalidade que foi o que ele e a irmã conseguiram . e esta mensagem e transversal .) boa manos salvador . estamos no bom caminho de amarmos a nossa identidade . Era este amor por todos nos juntos com identidade própria que nos faltava :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benjanim Clementine :) e manos sobral desculpem :)))

      Eliminar
  29. Ele ganhou exactamente por isso. Porque o mundo é feito dos tais estereotipos mas as pessoas estão já fartas do "comum". Quere—se cada vez mais o real, o genuíno!

    ResponderEliminar
  30. senhores, peço desculpa mashá aqui muito disparate... antes de criticar o titular que é muito pertinente, aqui os deixo a definiçao da palavra, que evoluiu como metáfora com um sentido diferente, esse sim negativo, mas neste contexto a escritora quis utilizar e muito correctamente, enfatizando a sua originalidade, a sua diferença da norma.

    anormal
    adjetivo de dois gêneros
    1.
    que desvia claramente de uma norma (diz-se de manifestação, comportamento, vivência etc.).
    2.
    adjetivo e substantivo de dois gêneros
    que ou o que está fora da norma; diferente, irregular.
    "afluência a."

    ResponderEliminar
  31. Ele a mim nunca me incomodou, gostei de o ouvir desde a primeira vez, independentemente da sua condição física nunca o vi como anormal, o homem é inteligente e sabe o que diz e o que faz. Anormal foi a atitude daquele palerma Australiano que mostrou o rabo na Eurovisão.

    ResponderEliminar
  32. .....nada que seja natural me incomoda....e (felizmente) ainda temos mais Sobrais
    !

    ResponderEliminar
  33. Dona Diana de Carvalho É diferente realmente, é muito culto, inteligente, meigo, sentimental é um anjo de luz, que é aquilo que você não é...ou seja você está a tentar...qualquer coisa...o que será? isso é inveja...pessoa mal formada! que é aquilo que o Salvador não é! vossemecê é terrível...tem de ter ajuda, procure um psicólogo com uma certa urgência...não viu o santo Papa, tem de ser abençoada...

    ResponderEliminar
  34. Não concordo com algumas afirmações proferidas neste texto, e por isso também me considero um anormal

    ResponderEliminar
  35. Nem sequer saliento a palavra que aqui tanto se escreveu. Replicas do seu texto. Entendo-a quando a (escreve )porem é destes seres, que o mundo, escrevo-o com letra minúscula, porque ele ainda está pequenino! É de humanos assim, que o Mundo com letra grande e aberto, precisa. Ele olhou o Mundo que tem em si, e isso foi o suficiente para se sentir confiante,autentico, transparente puro, doando a todos, a sua inteligência, talento, humildade, racionalidade, sabedoria e luz. Nada lhe falta! O resto o Universo vai providenciar. Felicitá-lo é o que merece! Parabéns Salvador.

    ResponderEliminar
  36. Parabéns Salvador,é de pessoas como tu que o mundo está a precisar,pessoas humildes e genuínas,és o maior e a prova está á vista.

    ResponderEliminar
  37. Parabéns Salvador,é de pessoas como tu que o mundo está a precisar,pessoas humildes e genuínas,és o maior e a prova está á vista.

    ResponderEliminar
  38. Goste-se ou não, ele conseguiu um feito histórico! E como dizia o poeta, "mudam-se os tempos, mudam-se as vontades"! O Salvador surgiu como uma lufada de ar fresco em tempos de mudança, quer na sua apresentação simples e desinteressada quer na letra e música de uma simplicidade que representa o que há de mais belo, o Amor <3 Portugal participa no Festival da Eurovisão há mais de 40 anos obtendo sempre lugares pouco dignos e nada felizes por isso penso que é motivo de sobra para nos orgulharmos do Salvador e da Luísa Sobral que tem um talento "nasalado" MARAVILHOSO!
    Como nota : Eu não gosto absolutamente nada da música nem do género do Tony Carreira, no entanto reconheço-lhe valor! Entendidos ? ;)

    ResponderEliminar